O Guestbook Project é um projeto internacional que visiona transformar a hostilidade em hospitalidade, a inimizade em empatia, e o conflito em comunicação.

 

Em Portugal, o Projeto Utopia500, em parceria com o Guestbook Project está a promover vários eventos em diferentes lugares, nomeadamente escolas de ensino básico, escolas de educação secundária e a comunidade em geral. 

Viagem pelas músicas do mundo

por Viktoriya Lazarova

No dia 15 de maio a nossa estagiária Viktoriya Lazarova, pianista vinda da Bulgária, fez a sua apresentação “Viagem pelas músicas do mundo” em Valongo, com os alunos do sétimo ano da Professora Olga Almeida.

 

O objetivo desta apresentação era dar conhecimento das culturas e as tradições em vários países como China e Rússia, assim como a influência da comunidade cigana em Portugal, Espanha e na Hungria.

 

Os alunos tiveram oportunidade de ouvir músicas diferentes, conhecer culturas novas e tradições interessantes. O workshop terminou com uma atividade de dança típica búlgara que será apresentada no dia 14 de junho em Valongo.

Apresentação
Workshop de dança búlgara

Dia da Multiculturalidade

O que é que danças búlgaras, gestos italianos e poesia brasileira têm em comum? A resposta: todos foram atividades onde estudantes do Agrupamento de Escolas de Valongo puderam participar no primeiro Dia da Multiculturalidade em Valongo!

O Dia da Multiculturalidade foi organizado pelo projeto Utopia500 e pelo Guestbook Project, em cooperação com a Câmara Municipal de Valongo (CMV), o Agrupamento de Escolas de Valongo, o Observatório das Comunidades Ciganas (ObCig), a AMEC - Associação dos Mediadores Ciganos de Portugal e o Instituto de Literatura Comparada (ILC) da FLUP. No dia 14 de Junho 2017 mais de 400 estudantes fizeram uma caminhada até Quinta Rei para celebrar o primeiro Dia da Multiculturalidade, um evento que pretendia educar os estudantes sobre multiculuralidade e a promover as diferenças culturais.

Fotografias por: Kristin Hansen (Estonia)

Existiam seis pontos diferentes onde os estudantes podiam fazer atividades, que representavam diferentes culturas de todo o mundo, incluindo Espanha, Eslovénia, Polónia, Brasil, Itália, Bulgária, Argélia, Líbano e a Comunidade Cigana.  

Cada um destes países estava representado por estudantes universitários que organizaram mesas de atividades que mostravam uma pequena parte da sua cultura. Na mesa do Líbano e da Argélia, os jovens participantes observaram os seus nomes a serem traduzidos para a escrita árabe. Na mesa italiana, os estudantes de Valongo tiveram a oportunidade de falar com as mãos, onde aprenderam os vários significados dos gestos de Itália.

Na mesa que representava o Brasil, os alunos aprenderam sobre literatura brasileira e discutiram poesia. Uma mesa organizada pelo ILC teve representantes da Eslovénia, do Chipre, da Polónia, da Alemanha e de Espanha. Os estagiários Erasmus+ do ILC apresentaram cumprimentos e brindes de cada uma das nações representadas, bem como gestos comuns, como apertos de mão, abraços e beijos. Depois de completarem cada mesa, os estudantes recebiam um pequeno fio colorido. Depois de todas as mesas serem visitadas, os estudantes dirigiam à mesa das comunidades ciganas, cujos representantes entrançavam os diferentes fios coloridos (honrando a antiga técnica cigana de fazer cestos) para criar uma linda pulseira multicolorida que representava a união das diferentes culturas. Esta pulseira servia para os estudantes se recordarem para sempre o que tinham aprendido no Dia da Multiculturalidade e a importância do multiculturalismo no nosso mundo moderno. 

Visitors